Ouvidoria Móvel

A Ouvidoria Móvel é um projeto que tem sido desenvolvido no âmbito da OGE há muitos anos. O principal objetivo da Ouvidoria Móvel é ouvir os cidadãos, possibilitando à OGE atuar de forma mais qualificada na defesa dos usuários dos serviços públicos, por meio de providências baseadas nas manifestações registradas.

Por outro lado, é uma oportunidade para ampliar a visibilidade da OGE, potencializando sua condição de atuar como instrumento de proteção aos direitos da cidadania, e de auxiliar o Poder Executivo na fiscalização e aperfeiçoamento dos serviços e atividades públicas. Em 2015 foram realizadas 14 ações de Ouvidoria Móvel, atendendo a 8 Territórios de Desenvolvimento.

Foram atendidos os municípios de Almenara, Araxá, Belo Horizonte, Betim, Contagem, Diamantina, Juiz de Fora, Montes Claros, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, Uberlândia e Vespasiano.

Em 2016 foi realizada Ouvidoria Móvel em Juiz de Fora em parceria com a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (SEDPAC). Além do atendimento aos cidadãos, foi realizada roda de conversa no Centro de Referência em Direitos Humanos de Juiz de Fora com a equipe da própria instituição e um encontro com lideranças comunitárias e organizações da sociedade civil para esclarecer sobre a importância da participação social na gestão pública e como a população pode utilizar os serviços da OGE e da SEDPAC.

Foram realizadas, em 2017, 12 ações de Ouvidoria Móvel que atendeu 6 Territórios de Desenvolvimento. Foram atendidos os municípios de Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Contagem, Juiz de Fora, Montes Claros, Nanuque, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Uberaba e Uberlândia.