Notícias

11/02/2020

Romeu Zema destaca importância do trabalho da Ouvidoria para uma gestão eficiente

Durante visita à OGE, Simone Deoud apresentou ao governador, gráfico e indicadores com o banco de dados das manifestações e também o ônibus itinerante que vai reforçar as ações do projeto Ouvidoria Móvel.

 

Zema painelA Ouvidoria-Geral do Estado de Minas Gerais recebeu, nesta terça-feira, dia 11, a visita do governador Romeu Zema. Recepcionado pela ouvidora-geral do Estado, Simone Deoud, ele percorreu os corredores da OGE, cumprimentou ouvidores, servidores e conheceu o novo layout do órgão, com a criação das novas quatro Ouvidorias Especializadas, dos programas e ferramentas implementados.

Na chamada Sala de Situação da Ouvidoria, Romeu Zema, ao lado da ouvidora-geral, Simone Deoud, da ouvidora-adjunta, Kathleen Garcia, e dos dez ouvidores das ouvidorias temáticas da OGE acompanhou, através do painel BI, as novas ferramentas criadas por um grupo de servidores internos, com objetivo de facilitar o acesso do cidadão em sua manifestação.

painel 1

Após conhecer o banco de dados das manifestações, o governador ressaltou que o trabalho desenvolvido pela Ouvidoria, desde o início de sua gestão, é fundamental para auxiliar os órgãos de maneira célere, na identificação e correção dos problemas.

“A Ouvidoria é a porta de entrada para conhecermos a realidade que se passa no Estado, nos municípios e nos serviços prestados aos usuários. É um termômetro para avaliarmos e medirmos a eficiência e a qualidade e ainda apontarmos aos gestores dos órgãos, onde existe uma deficiência e precisa ser corrigida”, pontou o governador.

Já a ouvidora-geral, Simone Deoud, ressaltou que a nova estrutura do órgão reflete o protagonismo da OGE, que vem atuando para entregar cada vez mais resultados eficientes, alinhadas às diretrizes, definidas pelo governador e defendidas por ela. “A Ouvidoria é o órgão de interlocução do cidadão com o Estado, onde ele apresenta suas manifestações. Nós iremos entregar respostas às demandas apresentadas pela população. Minha mensagem aos mineiros é:   o Estado sabe ouvir”, explicou Simone Deoud.

 Metas da OGE para 2020

Durante a visita, a ouvidora-geral adjunta, Kathleen Garcia, fez uma breve abordagem sobre as ações desenvolvidas para este ano, baseadas no aprimoramento dos serviços da própria OGE, entre elas, a evolução do MG-Ouv, desenvolvido em parceria com a Prodemge. O sistema próprio de tratamento das manifestações permite mais eficiência por parte da instituição no acompanhamento das demandas; alterações na programação da entrada e estruturação dos dados pelo BI.

“Para este ano, a meta é trabalhar com as ações estratégicas, acompanhadas pela SEPLAG, levando as recomendações aos órgãos sob a perspectiva do cidadão; promover as simplificações a partir da ótica da população e também a melhoria do serviço da OGE.   Essas ações do Cliente Oculto deverão nos alertar para aprimoramentos e melhorias em nossos próprios serviços”, destacou Kathleen Garcia.

O ouvidor Educacional, Breno Bastos, explicou como funciona o fluxo das manifestações da OGE, na Sala de Situação. “Essa ferramenta é uma importante forma de controle social, pois irá permitir tanto a Ouvidoria identificar de forma rápida o problema relatado pelo cidadão, em relação aos serviços públicos, quanto o órgão acionado, na atuação e correção do problema, como por exemplo, uma má-prestação do serviço público.  Nosso principal objetivo é de monitorar as manifestações com precisão das informações e tempestividade, dando subsídios necessários ao governo para aperfeiçoar ou implementar novas políticas públicas”, finalizou Breno.

Ao final da visita, Romeu Zema e sua equipe conheceram o ônibus itinerante da OGE. O veículo todo equipado, doado pela SEDESE, que irá percorrer às cidades da Região Metropolitana e do interior do estado, com o projeto Ouvidoria Móvel.  

20200211 152702

Veja abaixo galeria de fotos!